A IMPORTÂNCIA DA PALAVRA DE DEUS NA VIDA DOS CRISTÃOS

Caríssimos, irmãos e irmãs quero agradecer o carinho e acolhida de todos e manifestar a minha alegria em poder caminhar convosco como Igreja de Cristo nesta cidade de São João da Boa Vista.
Neste mês de setembro somos chamados a aprofundar e redescobrir em nossa vida, o valor da Sagrada Escritura (Palavra de Deus traduzida em palavras humanas cf. Dei verbum, 11). “Para conhecer a verdadeira identidade de Cristo, é necessário que os cristãos, regressem com renovado interesse à Bíblia, «quer através da sagrada Liturgia, rica de palavras divinas, quer pela leitura espiritual, quer por outros meios que se vão espalhando tão louvavelmente por toda a parte». Com efeito, no texto revelado é o próprio Pai Celeste que vem amorosamente ao nosso encontro e Se entretém conosco a manifestar-nos a natureza do Filho unigênito e o seu desígnio de salvação para a humanidade (Tertio millennio adveniente, 40)”.
Não podemos nos aproximar da Bíblia como fazemos com qualquer outro tipo de literatura, por exemplo um romance ou um tratado científico. Ela não foi escrita por um único autor, mas sendo insipirada pelo Espírito Santo, nasceu da vida milenar de um povo constitindo-se como uma verdadeira biblioteca religiosa. Somos, portanto convidados a redescobrir o valor e lugar da Palavra de Deus em nossas vidas considerando-a como modelo e regra que fundamentam o nosso agir cristão.
Os objetivos de se meditar a Sagrada Escritura como Revelação do Amor de Deus pela humanidade são: reforçar a nossa fé, nutrir a nossa oração, iluminar a nossa vida cristã e a nossa missão nos preparando assim para a vida eterna que nos espera. Cristo, quando em Mt 16,13-20 dá a Pedro as chaves do Reino dos Céus, nos dá também – como Igreja – a graça de interpretar a Sua Palavra, de atualizá-la segundo a realidade na qual estamos inseridos e nos pede para acolher todos aqueles que escolherem essa mesma Palavra como estilo de vida.
Que o Espírito Santo, facilitador da graça divina em nós, ilumine a nossa inteligência afim de meditarmos a Palavra de Deus, para que, transformando o nosso coração, nos faça praticar cotidianamente tudo aquilo que rezarmos com dignidade, atenção e devoção.
Que Deus vos abençoe sempre,
Abraço fraterno,
Pe. Donato