Programe-se para celebra o Natal e o Novo Ano no Sagrado Coração de Jesus

presepio-natalA Paróquia do Sagrado Coração de Jesus está com tudo pronto para celebrar uma das épocas mais especiais do calendário litúrgico, o nascimento de Jesus.  Para celebrar a data, serão realizadas missas às 19hs na igreja Maria Mãe da Igreja ( Jd Crepúsculo) e às 20h30 na Igreja Matriz (Jd São Paulo).

No Dia de Natal ( 25 de dezembro) a celebração está marcada para as 9hs na Igreja Matriz..

Já o Ano Novo, vai ser celebrado às 19hs na Igreja de São Cristóvão (Vila Brasil) e às 20h30 na Igreja Matriz (Jd São Paulo). No 1º dia do ano a missa será às 9hs na Igreja Matriz (Jd São Paulo).

Padre Marcos Campanhari e José Ricardo esperam por todos vocês para essas bonitas celebrações que serão cheias de bençãos.

Venham celebrar no Sagrado Coração de Jesus! Melhor lugar não há!

Padre José Ricardo comenta posse de Dom Vilar

15122920_1181963381870467_2021015718822774100_oCom alegria te acolhemos Dom Vilar e vamos juntos o Evangelho anunciar!” Essas palavras expressam bem o que nossa Igreja Particular de São João da Boa Vista viveu neste último domingo, 20 de novembro, Solenidade de Cristo Rei.

Alegria por termos acolhido nosso Pai e Pastor. Paróquias, comunidades, grupos, associações, movimentos e pastorais de toda nossa Diocese se fizeram presentes para essa solene celebração, onde Dom Antonio Emidio Vilar foi apresentado e tomou posse como nosso quinto bispo diocesano.

Corações vibrantes, sorrisos bem expressivos, lágrimas que fizeram vir aos olhos os bons sentimentos embargados pela voz tremula ao sentir o pastor que chegava em meio ao seu rebanho.

Nossa Diocese unida num só coração, professando uma só fé e imersa no mesmo ideal cantou, rezou, vibrou, agradeceu a Deus, naquele CIC lotado, que tornou-se até pequeno diante do gigantesco sentimento de paz e unidade que ali se sentia.

A alegria da acolhida aos poucos foi se expressando também, através de toda a ação litúrgica, Palavra de Deus e Exortações, no compromisso do anúncio do Evangelho.

Sentimo-nos todos, pastores e rebanho, como que no Cenáculo, fazendo a experiência de Pentecostes, onde vindo o Santo Espírito sobre a Igreja reunida, todos se encheram dos dons e carismas necessários para que o anúncio do Evangelho ganhasse novo vigor através de nossos trabalhos e esforços. Que esse ânimo infundido em nossa Diocese com a vinda de Dom Vilar, possa trazer a cada um de nós a certeza de que Deus conosco está.

Ganhamos um Pai e Pastor, que muito demonstrou estar feliz em nosso meio. Abraçou-nos, sorriu-nos, tomou-nos pela mão, olhou-nos nos olhos, abençoou-nos estando assim, perto de todos os que ali estavam ansiosos pela sua chegada. Sentimo-nos amparados e acolhidos. Rezemos pelo nosso Pastor, que o Senhor lhe conserve com saúde e paz.

Dom Bosco, Pai e Mestre da juventude interceda por esse seu filho amado; e Maria – Mãe Auxiliadora que com seu Imaculado Coração – possa ser proteção e guia a Dom Vilar. Assim seja!

Padre Marcos celebra inauguração da Gruta de Nossa Senhora das Montanhas Azuis

e7292609247f73b6361eNo próximo domingo, dia 13, será inaugurada a gruta de Nossa Senhora das Montanhas Azuis, na Serra da Paulista, em São João da Boa Vista. O evento será marcado por uma missa campal a ser celebrada no Sítio Lareira de Pedras, às 16 horas. Em seguida, a procissão seguirá em direção à gruta, onde será fixada a imagem da santa com a bênção do padre Marcos Antônio Campanhari, da Igreja Sagrado Coração de Jesus.

A gruta está localizada no Caminho da Fé, último local de caminhada dos peregrinos, que é possível chegar de carro e de onde dá para ver São João da Boa Vista. Para católicos e devotos, a Serra da Paulista terá como padroeira Nossa Senhora das Montanhas Azuis.

A imagem que ficará na gruta foi esculpida pelo artista plástico da cidade, Silas Marciano. A obra representa as raças que formam o povo brasileiro, tendo um manto vermelho que simboliza o amor aos filhos e fiéis.

Gruta

 Construída com apoio de moradores da Serra e devotos, que se reúnem em todas as semanas para rezar o terço em devoção à santa, a gruta é toda de pedras cortadas e fica sobre uma rocha única de granito natural. O projeto foi elaborado pelo engenheiro Nilson Zenun e a arquiteta Ana Laura Zenun. Uma outra gruta, localizada no Bairro Solário da Mantiqueira, recebe devotos que participam de orações e missas.

Devoção 

O grupo que se reunia para as orações semanais deu esse nome à santa pelo fato de sempre realizarem orações com pedidos de proteção e bênção para São João da Boa Vista, por meio de gestos com olhares para as montanhas. Desta forma, uma das devotas, Benedita Angerami, teve o desejo de criar a oração pedindo proteção à Nossa Senhora das Montanhas Azuis. De acordo com o pároco Marcos, qualquer manifestação da igreja sobre um santo ou a presença de Nossa Senhora nasce da devoção de um povo, como aconteceu com Nossa Senhora Aparecida.

Papa Francisco

Cartas sobre a devoção do grupo e a fé em Nossa Senhora já foram enviadas ao Papa Francisco, que respondeu: “Bênçãos apostólicas sobre a cidade de São João da Boa Vista”.

Evento

A população de São João e região está convidada a participar desse momento importante para a Igreja Católica. É a continuação de uma devoção que surgiu em 2003 e perdura até os dias atuais com o desejo de que a Santa seja reconhecida em todo o mundo. O encontro dos devotos acontece a partir das 15 horas, no Sítio Lareira de Pedras, onde será realizada a missa. Em seguida, a procissão até a gruta.

Oração a Nossa Senhora das Montanhas Azuis

Derrama sobre nós, Nossa Senhora das Montanhas Azuis, a alegria dos campos floridos, a poesia dos cantos das aves, o voar das borboletas de mil cores, o murmúrio suave das águas dos riachos, que descem impetuosas cachoeiras das matas, a paz dos lírios dos campos e a beleza das estrelas cadentes que riscam o azul do céu.

Abençoa-nos com o orvalho das manhãs e com o sereno das noites. Que o seu manto vermelho acenda em cada coração dos homens, a vontade de ser bom e mar uns aos outros, como ensina seu Filho Jesus.

Que na sombra do seu amor, Nossa Senhora das Montanhas Azuis, possamos orar muito, para que o Planeta se torne realmente um Planeta de Deus, onde todos os homens serão felizes e a paz reinará no mundo. Amém.

 

Fonte: Site da Prefeitura de São João

Dom Antônio Emídio Vilar celebra 1ª missa como bispo de São João no dia 20 de novembro

dom-antonio-emidio-vilar-300x201Os padres Marcos Antonio Campanhari e José Ricardo Costa já confirmaram presença na primeira missa de Dom Antônio Emídio Vilar como bispo da Diocese de São João da Boa Vista. A celebração será no dia 20 de novembro, às 10 horas, no ginásio poliesportivo do CIC, em São João da Boa Vista.

Toda a comunidade da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus está convidada a participar desta linda celebração. Nos vemos lá!

Paróquia celebrará Dia de Finados

imagesNo dia 02 de novembro, dia de Finados, os fiéis da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus são convidados a celebrar a vida eterna das pessoas que já faleceram, em missas que serão realizadas no Cemitério São João Batista, em diferentes horários: 6h30, 8hs, 10hs e 17 horas. É importante lembrar que a Paróquia é convidada especial na celebração das 8 horas.

Os fiéis que não puderem comparecer ao Cemitério, terão a opção de participar de missa na igreja Matriz às 9 horas.

Dia de Finados

Celebrar a data é uma antiquíssima tradição da Igreja Católica. A todos os que morreram “no sinal da fé” a Igreja reserva um lugar importante na Liturgia: há uma lembrança diária na Missa, com o Memento (= lembrança) dos mortos, e no Ofício divino. No dia de Finados a Igreja autoriza que cada sacerdote possa celebrar três Missas em sufrágio das almas dos falecidos. Essa foi uma concessão do Papa Bento XV em 1915, quando durante a Primeira Guerra Mundial, julgou oportuno estender a toda Igreja este privilégio de que gozavam a Espanha, Portugal e a América Latina desde o séc. XVIII.

Com a lembrança dos falecidos a Igreja quer lembrar a grande verdade, baseada na Revelação: a existência da Igreja triunfante no Céu; padecente no Purgatório e a militante na terra. O Purgatório é o estado intermediário, mas temporário “onde o espírito humano se purifica e se torna apto ao céu”.

Os primeiros vestígios de uma comemoração coletiva de todos os fiéis defuntos são encontrados em Sevilha (Espanha) no séc. VII, em Fulda (Alemanha) no séc. IX. A comemoração oficial dos falecidos é devida ao abade de Cluny, santo Odilon, em 998, mas, muito antes, em toda parte se celebrava a festa de todos os santos e o dia seguinte era dedicado a memória dos fiéis falecidos. Mas o fato de que milhares de mosteiros beneditinos dependessem de Cluny favoreceu a ampla difusão da comemoração. Depois em Roma, em 1311, foi sancionada oficialmente a memória dos falecidos.

A Tradição da Igreja está repleta de ensinamentos sobre a oração pelos mortos. S. João Crisóstomo (349-407), bispo e doutor da Igreja, já no século IV recomendava orar pelos falecidos: “Levemos-lhe socorro e celebremos a sua memória… Porque duvidar que as nossas oferendas em favor dos mortos lhes leva alguma consolação? Não hesitemos em socorrer os que partiram e em oferecer as nossas orações por eles” (Hom. 1Cor 41,15).

Fonte: Site Canção Nova

Dom Antônio Emídio Vilar é nomeado bispo da Diocese de São João

DSCN9233 Na manhã desta quarta-feira (28), a Diocese de São João da Boa Vista recebeu a feliz notícia da nomeação de seu 5° bispo, Dom Antônio Emídio Vilar.

O anúncio acaba de ser feito por Dom David Dias Pimental, atual bispo da Diocese, juntamente com o colégio de consultores e outros padres, em programa da rádio diocesana, Difusora, de Casa Branca/SP.

O comunicado já estava oficializado pelo santo Papa Francisco, após aceitar a renúncia de Dom Davi, que passa a ser bispo emérito de São João.

Agora, com alegria e esperança, nos preparamos para acolher nosso novo bispo, enquanto aguardamos mais notícias sobre sua posse canônica e transferência à cidade.

Dom Antônio Emídio Avilar nasceu em São Sebastião do Paraíso/MG, tem 59 anos e foi ordenado padre em 1986. Atualmente, responde pela Diocese de Cáceres, no Mato Grosso.

Paróquia prepara sete dias de adoração 24hs ao Santíssimo Sacramento

DSCN9233A Paróquia do Sagrado Coração de Jesus já está com tudo preparado para o tradicional ‘Cerco de Jericó’, que será realizado entre os dias 02 e 09 de outubro, na Igreja Matriz, com 24 horas de adoração ao Santíssimo Sacramento.

Organizada sob os olhares atentos do pároco, Pe. Marcos Antônio Campanhari, e do vigário, Pe. José Ricardo Costa, o Cerco terá uma intenção específica em cada celebração: “Quantas muralhas precisam ser derrubadas em nossa vida? Vamos viver o Cerco de Jericó, suplicando a Deus que caiam as muralhas do ódio, da violência, das doenças, das drogas, do álcool. Enfim, todas as muralhas que só a graça de Deus pode derrubar. Se junte a nós, venha rezar conosco e fazer parte desse tempo de graça e de Bênção em nossa comunidade”, comentou o Pároco.

Dia de São Cristóvão terá carreata e benção aos motoristas

downloadUma linda carreata está sendo organizada pela Paróquia do Sagrado Coração de Jesus para celebrar o Dia de São Cristóvão, no dia 25 de julho, segunda-feira.

Os motoristas receberão a benção em frente à igreja de São Cristóvão, na Vila Brasil logo após a celebração que será realizada, às 18hs, na igreja que leva o nome do santo, padroeiro dos motoristas.

No dia 25 de Julho é comemorado o dia do padroeiro dos motoristas e viajantes, São Cristovão. Mas você sabe porque ele tem esse título? O nome Cristovão não é o seu nome de batismo e carrega o significado de “condutor de Cristo” além de também representar uma das devoções mais populares e antigas da Igreja Católica e do Brasil.

História

Seu verdadeiro nome era Réprobo e pouco se sabe sobre a sua origem. Diz-se que ele era um homem muito alto, forte, da linhagem Cananéia e por conta disso, sua profissão era ser um guerreiro. Graças ao seu porte físico, não havia um que o vencesse. Sua presença quase sempre era sinônimo de vitória.

Mas algo um dia perturbou a mente de Cristovão. Enquanto servia o Rei de Canaã, se deu conta que ele deveria trabalhar para o maior rei de todos, o mais poderoso, e saiu em busca dessa figura. Encontrou um rei mais forte e passou a servi-lo.

Em uma das festas do reino, durante uma festa, algumas cantigas e canções estavam sendo cantadas para o rei e continham em sua letra citações ao demônio. Toda vez que era citado, o rei fazia o sinal da cruz. Intrigado, Cristovão perguntou ao rei do que se tratava aquele sinal e ele disse que era uma proteção contra qualquer má intenção ou coisas ruins vindas daquela figura. Sendo assim, Cristovão concluiu que o demônio era mais poderoso que o rei e por isso devia servi-lo.

Saiu em mais uma jornada atrás de seu novo “mestre” e durante sua caminada por um deserto o encontrou. Enquanto caminhavam juntos, Cristovão notou que o demônio ao avistar uma cruz, desvio o caminho e percorreu uma distância muito maior afim de não passar perto dela. Cristovão, intrigado, questionou o demônio que confessou: “Houve um homem chamado Jesus Cristo que, por meio de Sua morte na Cruz, trouxe a salvação para a humanidade, e quando vejo Seu sinal, fico apavorado e fujo dele”.

Na mesma hora, Cristovão entendeu que era a Jesus Cristo era mais poderoso e por isso saiu em uma busca incansável ao seu novo Senhor. Durante a caminhada, encontrou um senhor e perguntou como poderia encontrar Jesus Cristo. O velho eremita disse que ele deveria jejuar e orar, mas Cristovão disse que não seria possível. Sendo assim, o eremita pediu que ele se instalasse a beira de um rio que existia ali perto, de travessia dificil, para ajudar a todos que quisessem passar por ele e por amor a Jesus Cristo iniciou a sua missão.

Dia e noite ajudava as pessoas a atravessar o rio, até que em uma noite escutou uma criança chamá-lo para ajudá-la a atravessar a margem do rio. Cristovão colocou a criança nos ombros e iniciou a travessia. A criança era tão pesada que Cristovão, mesmo forte, temeu se afogar e por várias vezes pensou estar carregando o mundo nas costas. Ao deixar a criança do outro lado do rio, comentou sobre o seu peso e eis que teve a sua revelação: “Bom homem, respondeu-lhe o menino, não te espantes, pois não só carregaste o mundo inteiro como também o dono do mundo. Eu sou Jesus Cristo, o Rei que estás a servir neste mundo, e, para que saibas que digo a verdade, põe teu cajado no chão junto à tua casa e amanhã verás que ele estará coberto de flores e de frutos”.

O milagre do cajado de São Cristovão

Depois desse dia, Cristovão partiu para Lícia ao encontro de cristãos que estavam presos. Quando foi descoberto, apanhou muito de seus perseguidores e quando todos achavam que ele seria derrotado, jogou o seu cajado no chão pedindo a Jesus Cristo que o florisse novamente. E assim aconteceu, diante de mais de 8 mil pessoas.

Imediatamente Cristovão foi levado ao rei, que tentou de todas as maneiras fazer com que desistisse e renunciasse a sua fé mas ele permanceu inabalável. Sua fé era tão forte quanto o seu corpo. O rei ainda tentou fazê-lo pecar, mas foi em vão. Depois de várias tentativas, o rei mandou executá-lo e Cristovão morreu decapitado.

Após esse episódio, a fama de Cristovão espalhou-se muito rapidamente atingindo assim mais e mais devotos ao longo do mundo.

O padroeiro dos motoristas

Após o episódio da criança no rio, Réprobo assumiu o nome de Cristovão (carregador de Cristo) e por isso é considerado o padroeiro dos motoristas, condutores e viajantes já que um dia carregou o menino Jesus nos ombros.
Sua imagem representa exatamente esse momento: o menino Jesus em seus ombros e o cajado na mão.

Oração à São Cristóvão

Dai-me, Senhor, firmeza e vigilância no volante para que eu chegue ao meu destino sem acidentes.
Protegei os que viajam, a todos, e a dirigir com prudência, e que eu descubra vossa presença na natureza, nas rodovias, nas ruas, nas criaturas, e em tudo aquilo que me rodeia.
São Cristóvão, protegei-me e ajudai-me nas minhas idas e vindas a saber viver com alegria, agora e sempre.
Amém!

Padre Marcos organiza III Peregrinação à Terra Santa

download (1)O padre Marcos Campanhari, pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, no Jardim São Paulo, está promovendo, pela terceira vez, a viagem dos sonhos de muitos católicos, uma peregrinação de 13 dias pela Terra Santa.

O roteiro inclui passeios por Roma, Jordânia e Israel, onde os fiéis conhecerão o Vaticano, o Mar da Galileia, o Mar Morto, o Túmulo de Jesus, o Monte das Oliveiras, o Muro das Lamentações, entre outros.

A viagem será de 30 de outubro a 11 de novembro de 2017 e custará R$13.933,08 (à vista), que deverão ser pagos, exclusivamente, para a agência Viajar.

Os interessados devem se cadastrar pelo telefone 11 2816-7787 Cel: 11 9 9994-3257 e/ ou e-mail: adriana@agenciaviajartur.com.br

Mais detalhes sobre o roteiro e pagamento podem ser obtido no site da agência Viajar: http://www.agenciaviajartur.com.br/roteiros-religiosos/III_peregrinacao