Nosso Pároco

Pe. Donato Fidanza

Padre Donato Fidanza Filho

“Aonde me mandar eu irei, seu amor eu não posso ocultar…” Essa frase da música “Nossa Missão” representa bem a expectativa e o desejo do coração do padre Donato no momento em que recebeu a notícia de que seria transferido para São João da Boa Vista. “É com grande alegria que dou continuidade ao meu ministério sacerdotal, agora como pároco, depois de ter ajudado Pe. Richard Strazza da Silva no trabalho pastoral junto à Paróquia Divino Espírito Santo em Divinolândia”, diz.

Padre Donato Fidanza Filho tem 38 anos e quase nove de sacerdócio. Natural de Guaranésia – MG, ingressou no seminário no ano 2000, por meio da paróquia Santa Luzia, de Mococa, com a ajuda do Pe. Celso Abreu de Jesuz.

Fez um ano propedêutico em Caconde, seguido de três anos de Filosofia no Instituto Coração de Maria, em São João da Boa Vista. Depois, morou em Roma entre 2004 e 2007, para estudar Teologia. No Brasil, foi ordenado diácono em 17 de dezembro de 2007 e sacerdote no dia 25 de abril de 2008. Em julho do mesmo ano voltou a Roma para fazer uma especialização em Teologia Espiritual, ocupando assim o cargo de colaborador paroquial na paróquia São Gregório Magno.

Concluídos os estudos de Mestrado, Counseling (Acompanhamento) Espiritual e Doutorado entre 2008 e 2015, na Itália, retornou à Diocese.

A partir de 2016, morou no Seminário São João Maria Vianney em Mogi Guaçu, ocupando o cargo de Diretor Espiritual, sendo que aos finais de semana ajudava as paróquias São Sebastião e Santa Teresinha do Menino Jesus, de Mococa.

Segundo ele, o carinho e a acolhida das comunidades por onde passou, serviram para amar o povo divinolandense e, com certeza, servirão para o ajudar a produzir frutos de amor e fraternidade na paróquia do Sagrado Coração de Jesus.

Agradeço a Deus, porque mesmo continuando o meu trabalho nos Seminários, terei a oportunidade de estar com vocês e caminhar junto para construir nossa vida de cristãos sob o olhar de Pai, contando sempre com a presença de Cristo, a intercessão de Nossa Senhora e com o auxílio e a graça do Espírito Santo. Que façamos do Sagrado Coração de Jesus o nosso aconchego, o melhor lugar para se viver, amar e servir”.