Nosso Vigário

Nosso Vigário: José Ricardo Costa

Alegria e disposição são o que não vão faltar na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, no Jardim São Paulo. Isso porque, a Paróquia que já é conhecida pelas grandes celebrações que atraem centenas de pessoas da cidade e região, acaba de ganhar o reforço do Padre José Ricardo Costa, seu novo vigário paroquial.

Com uma alegria contagiante e familiaridade com o público jovem, o novo vigário tem 30 anos e a disposição de um menino: “Podem esperar de mim a disposição em querer conhecê-los e trabalharmos juntos para a edificação do Reino de Deus”, disse.

Nascido no dia 28 de abril de 1983, José Ricardo Costa nasceu em Vargem Grande do Sul.

Filho de José Paulo Costa (in memoriam) e Celi Aparecida Primo Costa tem apenas um irmão mais velho.

Entrou no seminário em 2003, na Casa de Formação São Paulo, em Caconde. Depois, formou-se em Filosofia pelo Instituto Diocesano Coração de Maria e cursou mestrado na mesma área no Ateneu Pontifício Regina Apostolorum, em Roma, onde também se formou em Teologia.

Foi ordenado sacerdote no dia 07 de setembro de 2012.

A Vocação
Questionado sobre como percebeu sua vocação, o Padre. respondeu: “A vida em comunidade sempre me ajudou muito a discernir minha vocação e a presença nas ações pastorais me fizeram reconhecer a voz do Senhor, que me chamava a segui-lo”

Sobre a posição da família diante do chamado de Deus, ele comentou: “Minha família teve sempre uma posição muito admirada por mim, pois nunca me obrigaram, nem reprimiram em minhas escolhas. Via sempre o incentivo silencioso, mas forte dos meus pais. A alegria deles quando disse ‘sim’ a essa vocação, foi algo que sempre me ajudou muito”, disse.

O sacerdote contou também sobre a família e sua infância: “Minha família sempre foi de frequência e perseverança na Igreja Católica. Recebi desde pequeno uma educação nos valores cristãos e incentivo para a vida na comunidade. Desde pequeno fui atuante como coroinha na Paróquia Sant’Ana. Na adolescência ajudei nas pastorais da Catequese e Liturgia em minha Comunidade Santa Edwiges, além de frequentar e coordenar a Pastoral dos Adolescentes”.

Devoto de Nossa Senhora Aparecida e Santa Edwirges, o Padre tem como hobby ler e ouvir música. Ele disse também, querer ser lembrado como um padre feliz com sua vocação, e que fez a experiência de ser acolhido por Deus mesmo com suas imperfeições e, por isso, também acolhe a todos para a experiência com Deus.

Sobre o que espera da comunidade ele esclareceu: “A Paróquia tem-se mostrado muito acolhedora e feliz com minha chegada. Espero corresponder a essas expectativas e crescermos juntos, sendo sempre discípulos e missionários de Cristo”.

BATE BOLA
·Ser padre é…..
É o melhor de Deus pra mim.

·Fé…
É simplesmente crer e se abandonar.

·Oração….
É comunicação com Deus

·Deus….
É tudo de bom

Lema Sacerdotal: A caridade de Cristo nos impele. “Caritas Christi urget nos” (2Cor 5,14).